Nossos convênios

elementos-27.png

Procedimentos

A  Biomed  atualmente dispõe de uma variedade de procedimentos com a segurança e conforto que você já conhece.

 

Veja abaixo e clique para realizar o seu agendamento.

ALERGOLOGIA

BIOIMPEDÂNCIOMETRIA

A bioimpedância é um exame que analisa a composição corporal, indicando a quantidade aproximada de músculo, osso e gordura.

ALERGOLOGIA

IMPLANTE DE DIU

O dispositivo intrauterino (DIU) é um pequeno objeto de plástico em formato de T inserido no útero para atuar como contraceptivo.

ALERGOLOGIA

PROCEDIMENTOS DERMATOLÓGICOS

O exame dermatológico é feito com o objetivo de verificar a causa de lesões presentes na pele e é feito pelo dermatologista em seu consultório.

ALERGOLOGIA

PROCEDIMENTOS GINECOLÓGICOS

Procedimentos e exames ginecológicos lidam diretamente com a saúde do aparelho reprodutor feminino (vagina, útero ovários) e mamas.

ALERGOLOGIA

PROCEDIMENTOS VASCULARES

Vascular é a especialidade médica que se ocupa do tratamento cirúrgico de doenças das artérias, veias e vasos linfáticos.

VASECTOMIA

A vasectomia é um método contraceptivo através da ligadura dos canais deferentes no homem. É uma pequena cirurgia feita com anestesia local em cima do escroto e que não é necessário de internação

PREPAROS

Procedimentos de Ginecológicos

Exame a fresco do conteúdo vaginal e cervical (Papanicolau)


Preparo: Nas 48 horas que antecedem o exame é necessário os cuidados abaixo: Não usar creme e/ou óvulo vaginal; Não utilizar ducha nem fazer lavagem interna; Não realizar exame ginecológico com toque, ultra-sonografia transvaginal e/ou ressonância magnética da pelve. Não manter relações sexuais, com ou sem uso de preservativos. Idealmente, a coleta não deve ser feita durante a menstruação, mas pode ser realizada em vigência de sangramento não-menstrual.




Cauterização química e eletrocauterização de lesões de colo uterino


Preparo: Para a realização deste exame, não é necessário preparo. Entretanto, a mulher não deve estar menstruada nem apresentar infecção vaginal ao realizar a cauterização.




Cauterização química e eletrocauterização de lesões de vulva


Preparo: Para a realização deste exame, não é necessário preparo. Entretanto, a mulher não deve estar menstruada nem apresentar infecção vaginal ao realizar a cauterização.





Vasectomia

Vasectomia


Preparo: - Jejum no período de 8 horas. - Higienização e raspagem da região pélvica.





Procedimentos de Dermatológicos

Cirurgias e Terapias Dermatológicas


Os procedimentos dermatológicos não necessitam de preparo para a sua realização.





Bioimpedânciometria

Bioimpedância


✓ Não consumir medicamentos diuréticos 7 dias antes do teste.
✓ Mulheres não devem estar no período pré-menstrual.
✓ Não é indicada a prática de exercícios físicos intensos durante as últimas 24 horas.
✓ Recomenda-se urinar pelo menos 30 minutos antes do teste.
✓ Permanecer em jejum pelos menos 3 horas antes do procedimento.
✓ Não consumir bebidas alcoólicas durante as 48 horas que antecedem o exame.
✓ Não consumir cafeína durante as 24 horas que antecedem o teste.
✓ Gestantes e portadores de marca-passo não podem realizar este exame.
✓ Comparecer com trajes de banho (Biquíni ou sunga).





Procedimentos Vasculares

Cirurgia de varizes (método convencional e endolaser)


Cirurgia de varizes convencional A cirurgia de varizes convencional para a retirada de veias safenas comprometidas consiste na realização de duas incisões na pele, uma na região da virilha e outra na parte interna do joelho, ou na parte interna anterior do tornozelo. A safena é identificada nesses pontos e isolada, sendo feito um pequeno orifício na parte distal da veia, introduz-se internamente um fino cabo de aço por toda a extensão da mesma até a virilha, onde é realizado a ligadura e o corte da veia, fazendo-se em seguida a sua extração no sentido de cima para baixo. Cirurgia de varizes por endolaser A cirurgia através do endolaser (laser endovenoso) é um método minimamente invasivo, no qual a cirurgia é realizada para tratar dilatações venosas, principalmente nas veias safenas e veias perfurantes. Ocorre a obliteração da veia pela energia do laser, sem a necessidade de remoção cirúrgica. É realizada uma punção com agulha ou uma pequena incisão na pele, através da qual é introduzida uma fibra óptica diretamente na veia. Os pulsos de energia do laser são liberados ao longo da veia para promover a oclusão total da mesma. Esta técnica permite a possibilidade de tratamento com anestesia local com sedação leve em muitos casos, sem necessidade de internação prolongada ou anestesias mais complexas.




Colocação de filtro de veia cava


O filtro de veia cava é um dispositivo metálico que os médicos colocam em uma veia que fica dentro do abdome (a veia cava) para impedir que os coágulos (trombos) que provocam a Trombose Venosa Profunda (TVP) causem embolia pulmonar, ou seja, o entupimento das artérias do pulmão. O procedimento é realizado sempre que: - uma pessoa sofre de trombose venosa e corre o risco de ter uma embolia pulmonar, porém não pode realizar o tratamento da TVP com anticoagulante;
- uma pessoa apresente embolia pulmonar recorrente, mesmo realizando corretamente o tratamento com anticoagulante;
- uma pessoa sofre complicações hemorrágicas, apesar de o tratamento com anticoagulante estar correto.




Crioescleroterapia


Não é só a aparência das varizes que pode se tornar um incômodo. Os sintomas associados a elas também perturbam quem sofre com veias dilatadas. Para resolvê-los, há tratamentos como a crioescleroterapia. Dor, inchaço, sensação de ardência e peso nas pernas são algumas das manifestações orgânicas desencadeadas pelo corpo em quem tem varizes. Elas costumam surgir principalmente nos membros inferiores e afetar as mulheres em uma proporção maior do que os homens.




Escleroterapia de telangiectasias


As veias das pernas de aspecto azulado ou avermelhado, frequentemente identificadas como veinhas ou vasinhos, são, na verdade, telangiectasias. Geralmente, são percebidas nos membros inferiores, no entanto, podem surgir em qualquer parte do corpo: face, bochecha, queixo, abdome e próximo ao nariz. O procedimento mais usado para eliminá-las é a escleroterapia de telangiectasias.




Escleroterapia de varizes com espuma densa, guiada por ultrassom


A Escleroterapia de varizes com espuma densa, guiada por ultrassom é um dos tratamentos que existe para varizes. Normalmente é utilizado para tratar as varizes mais grossas que, antes, só podiam ser resolvidas com a cirurgia convencional. Além de ser menos complexo do que um procedimento cirúrgico, a escleroterapia com espuma densa é um tratamento eficaz para varizes. A ação da espuma elimina as veias dilatadas e devolve às pernas o aspecto de antes.




Laser transdérmico para tratamento de varizes


O laser transdérmico usado no tratamento de varizes é um tipo de luz muito específica que, aplicada sobre a pele, aquece o sangue e promove a contração da veia, e, consequentemente, a oclusão do vaso.




Microcirurgia de varizes


As veias são as responsáveis por conduzir o sangue, que chega às células por intermédio das artérias, de volta para o coração. Acontece que algumas dessas veias se dilatam e param de trabalhar adequadamente, prejudicando o bom funcionamento da circulação sanguínea e causando as varizes. O problema não chega a ser grave e é facilmente tratado com a microcirurgia de varizes, quando ainda está no início. O risco é não tratar essas veias e deixar a condição evoluir, até se tornar grave e comprometer a saúde.





Implante de DIU

Implante de dispositivo intra-uterino (DIU)


Habitualmente, o momento da inserção é durante ou logo depois da menstruação (de preferência até o 5º dia do ciclo)