Mastologia

A mastologia é a especialidade médica que cuida das glândulas mamárias. Portanto, tudo o que for relacionado com as mamas é tratado pelo médico mastologista. Isso inclui quaisquer condições que possam afetar os seios, como dores, inchaços, infecções e, claro, o câncer.

Apesar da mastologia ser uma área médica que lida mais com o tratamento e a prevenção do câncer de mama, outras condições mais específicas são tratadas. A especialidade lida com casos de surgimento de nódulos, assimetrias, mastites (inflamação bacteriana que pode acontecer durante o período da amamentação), entre outros possíveis problemas.

Mas engana-se quem acredita que problemas nas mamas são condições exclusivas das mulheres. Os homens também podem sofrer de doenças mamárias, ainda que os índices sejam bem menores. Ou seja, eles também podem (e devem) fazer consultas e exames com o médico mastologista, em caso de necessidade.

Um exemplo de problema mamário masculino é a ginecomastia, uma condição relativamente comum no início da puberdade. Trata-se do crescimento exagerado das mamas masculinas, pode levar ao surgimento de um pequeno nódulo por baixo do mamilo, que causa dor e desconforto ao toque ou atrito com as roupas. Essa condição tende a desaparecer por conta própria com o tempo. Contudo, se o problema perdurar ou até piorar, um mastologista pode examinar e indicar o melhor tratamento.

Por fim, o principal trabalho desse especialista está relacionado ao câncer de mama, doença que acomete muitas mulheres e está entre as principais causas de óbitos entre elas,  segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA).

Quando é necessário procurar um médico mastologista? 

Embora as visitas preventivas ao mastologista sejam recomendadas para mulheres de todas as idades, a partir dos 35 anos, consultas anuais regulares tornam-se mais relevantes e indispensáveis. 

Aquelas que fazem parte do grupo de risco do câncer de mama – com 40 anos ou mais, histórico de câncer de mama na família e que passaram por menstruação precoce ou tardia – devem consultar-se com maior frequência, neste especialista.

Consultas com o mastologista são necessárias quando mulheres (e até mesmo homens) identificarem qualquer alteração, de qualquer tipo, no aspecto ou na sensibilidade das mamas – em especial quando são identificados nódulos na região. A visita ao especialista envolve uma conversa, para ele conhecer seu histórico de doenças, bem como sua situação clínica geral. 

O médico vai pedir descrições de qualquer alteração do estado de saúde das mamas, além de outras informações importantes para traçar um perfil da paciente. Após isso, regularmente, ele pode solicitar diferentes exames para checar a saúde da mulher. O mais importante é a mamografia, que é a análise por imagem para identificação de nódulos na mama.

Outros exames conduzidos pelo mastologista são o ultrassom, que é semelhante à mamografia, mas realizado de forma localizada; e exames de ressonância magnética, que produzem um diagnóstico de imagem mais preciso.